Brasão da cidade de São Paulo a esquerda e com os dizeres Cidade de São Paulo a direita
A palavra SP156 em um quadrado de fundo amarelo a direita e Portal de Atendimento prefeitura de São Paulo a esquerda A palavra SP156 em um quadrado de fundo amarelo a direita e Portal de Atendimento prefeitura de São Paulo a esquerda
Portal de Atendimento
Prefeitura de São Paulo

Notificação de receita de controle especial – Cadastrar ou atualizar dados de prescritor e de instituição de saúde

portable_wifi_offon-line
  • REQUISITOS, DOCUMENTOS E INFORMAÇÕES ‏‏‎

    Documentos necessários: 

    Pessoa física: 


     
    - Cópia simples do comprovante de endereço* residencial ou comercial, atualizados nos últimos três meses, para onde será emitida a notificação de receita, em nome do(a) prescritor(a) (médico, médico veterinário ou cirurgião dentista). 

    * Documentos aceitos:

    - Contas de consumo de água, gás, energia elétrica e telefone – fixo ou móvel;

    - Boleto bancário de mensalidade escolar ou plano de saúde, condomínio ou financiamento habitacional;

    - Fatura de cartão de crédito;

    - Extrato ou demonstrativo bancário de outras contas, corrente ou poupança, empréstimo ou aplicação financeira;

    - Contrato de locação;

    - Licença Sanitária de Funcionamento, que conste o nome do prescritor como responsável legal ou técnico.

    Atenção:

    O estabelecimento de assistência à saúde, cujo endereço conste na Ficha cadastral do Prescritor Individual (Pessoa Física), deve possuir a Licença de Funcionamento Sanitária ou o protocolo de solicitação dele.

    Nos casos em que não há em nome do prescritor, será aceito comprovante em nome de terceiro, juntamente com uma declaração dele, com firma reconhecida, informando que o prescritor utilizará o local para determinada atividade e emissão da notificação da receita.

    .- Carteira do Conselho de classe do Prescritor - frente e verso. (Importante que os dados e a assinatura do prescritor estejam legíveis).

    Ficha Cadastral de Prescritor (clique aqui) assinada três vezes igual a carteira do conselho de classe ou com firma reconhecida em cartório.

    Para cadastro exclusivo de Talidomida:

       - Formulário para Cadastramento de Prescritor de Talidomida (clique aqui).

       - Declaração de vínculo emitida pelo estabelecimento, vinculados à unidade hospitalar ou equivalente de assistência médica, se couber (artigo 24 – Parágrafo único da RDC 11/2011). 

    Pessoa Jurídica:

    - Ficha de Cadastro de Instituições (clique aqui) assinada três vezes igual a carteira do conselho de classe ou com firma reconhecida em cartório.

    - Licença de Funcionamento vigente do estabelecimento dentro do município de São Paulo, expedida pela Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.  Não serão aceitos o protocolo de CMVS Inicial ou a Licença de Funcionamento inicial no lugar da Licença de Funcionamento. Se você anexar um desses documentos, a sua solicitação será cancelada (indeferida).

    - Conselho de classe do Responsável pela notificação** - frente e verso. (Importante que os dados e a assinatura do prescritor estejam legíveis, pois são importantes para a aprovação do cadastro solicitado).‏‏‎

    **Se o nome do responsável pela notificação de receita não constar na Licença Sanitária de Funcionamento, deverá ser apresentada, junto com a licença, uma declaração do responsável legal (cujo nome conste na Licença). Esta declaração deve possuir firma reconhecida em cartório, autorizando o prescritor (médico, médico veterinário ou cirurgião dentista) a se responsabilizar pelas solicitações de notificação do estabelecimento.
  • OBSERVAÇÕES  ‏‏‎
    Este serviço é destinado exclusivamente aos prescritores e instituições localizadas no município de São Paulo.

    Para mais informações, acesse o portal da Coordenadoria de Vigilância em Saúde - COVISA (link direciona para portal externo).

Criado em: 10/06/2020

Atualizado em: 20/09/2021

Esta informação foi útil para você?

50 137