Logo do Portal de Atendimento do SP 156 - Apresenta três ícones simbolizando atendimento via telefonía, internet e aplicativo. Logo do Portal de Atendimento do SP 156 - Apresenta três ícones simbolizando atendimento via telefonía, internet e aplicativo.

Portal de Atendimento
Prefeitura de São Paulo

Serviço Especializado de Abordagem Social às Pessoas em Situação de Rua - SEAS

portable_wifi_offon-line lock Anônimo

O QUE É

A abordagem social é a busca ativa nas ruas para identificar a incidência de trabalho infantil, violência, abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, pessoas em situação de rua e outras. O objetivo é oferecer serviço especializado promovendo o retorno familiar e comunitário, além do acesso à rede de serviços socioassistenciais e às demais políticas públicas.

QUANDO SOLICITAR

Ao identificar uma pessoa em situação de rua, alguns aspectos devem ser observados sobre as condições de saúde do Cidadão. Os casos de saúde são encaminhados para outras políticas publicas. A busca ativa ocorre por toda a cidade de São Paulo 24 horas por dia. Em período de Baixas temperaturas as buscas ativas de abordagens são mais intensas.

PÚBLICO-ALVO

- Crianças, Adolescentes, jovens, adultos, idosos e famílias que utilizam as ruas como espaços de moradia e sobrevivência;

- Qualquer pessoa que identificar outra em situação de rua.

REQUISITOS, DOCUMENTOS E INFORMAÇÕES

Informações necessárias para a solicitação:

- Nome do solicitante (opcional);

- CPF do solicitante (opcional);

- Endereço do local da abordagem;

- Quantidade de pessoas (adultas e crianças) a serem abordadas;

- Se solicitado por órgão público, nome de quem solicitou e órgão;

- Descrição com mais detalhes que possam ajudar na abordagem (sexo, tipo de roupa, idade aproximada, pontos de referência).

Não é necessário que as pessoas abordadas apresentem documentos.

PRAZO MÁXIMO

Será atendido em caráter de urgência.

TAXAS OU PREÇO PÚBLICO

Gratuito.

CANAIS PARA SOLICITAR O SERVIÇO

Eletrônico:

- Portal SP156;

- Aplicativo SP156.

Telefônico:

 - Central Telefônica 156;

PRINCIPAIS ETAPAS

1) Solicitar o serviço em um dos canais SP156;

2) Recebimento da solicitação e pesquisa do endereço;

3) Redirecionamento para um serviço especializado de abordagem social a pessoas em situação de rua;

4) Destacamento de uma equipe para a ação de abordagem, escuta e encaminhamentos necessários;

5) Devolutiva do atendimento realizado para registro e baixa no sistema.

6) Inserido na rede de serviços com trabalho de escuta no  Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS)

7) A solicitação apresentará o status "finalizado" ou “indeferido” quando for concluída

- Se for identificada, a pessoa solicitante receberá um e-mail informando a conclusão;

- Se for anônima, a pessoa solicitante poderá consultar a conclusão através do protocolo em qualquer um dos canais acima (clique aqui para acompanhar no Portal SP156).

LEGISLAÇÃO

Portaria 46/SMADS/2010. (clique aqui).

OBSERVAÇÕES

Em caso de moradores de rua com quaisquer tipos de transtornos mentais ou psiquiátricos sugerimos recorrer aos órgãos competentes.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – SMADS - Coordenadoria de Pronto Atendimento Social (CPAS)

MANIFESTAÇÃO SOBRE O SERVIÇO

Para realizar reclamação sobre o serviço, acesse o serviço Reclamar sobre os serviços e abordagens para pessoas em situação de rua (clique aqui).  

Criado em: 19/03/2018

Atualizado em: 05/08/2019

Esta informação foi útil para você?

32 9